Lívia Lima e Daniela Yano conquistam bronze por equipes no Aberto do Paraguai

12/04/2018 13:35

Meninos foram eliminados nas quartas de final em Assunção. Competição termina nesta sexta-feira

 

Crédito da foto: Arquivo Pessoal

 

Rio de Janeiro (RJ), 12 de abril de 2018.
Por: Assessoria de Imprensa CBTM

 

O Brasil conquistou o bronze no feminino por equipes no Aberto do Paraguai Infantil e Juvenil de Tênis de Mesa, no Ginásio da Federação Paraguaia de Tênis de Mesa, em Assunção, com Lívia Lima e Daniela Yano, ambas da Sogipa (RS). A competição faz parte do Circuito Mundial Junior e será disputada até sexta-feira (13/4), com os confrontos individuais. Além do Brasil e dos donos da casa, Argentina, Áustria, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Itália, Jordânia, Cazaquistão, Peru, Singapura, São Cristóvão e Nevis, Suécia, Tailândia e Uruguai participam do torneio.

Na primeira fase, as brasileiras venceram o Paraguai B, por 3 a 0, e perderam para a equipe Guatemala/Peru, por 3 a 2. Nas quartas de final, ganharam do Paraguai A, por 3 a 2, e na semifinal perderam por 3 a 0 para a equipe Cazaquistão/Singapura.

Pelo Brasil, além das medalhistas Lívia Lima e Daniela Yano, participam da competição Kenzo Carmo, Lauro Sebold, Daniel Godoy, Lucas Paiva, Guilherme Teodoro e Sérgio Bignardi. Os meninos não conseguiram medalhas por equipes.

O time Brasil A, formado por Sérgio Bignardi e Guilherme Teodoro, venceu o primeiro confronto com o Chile C, por 3 a 1. Depois, perdeu para a equipe Cazaquistão/Uruguai, por 3 a 1, e venceu a equipe Chile/ São Cristóvão e Nevis por 3 a 0, nos jogos da primeira fase. Nas oitavas de final, derrotou o Chile B, por 3 a 1, e, nas quartas de final, perdeu para Singapura/Tailândia, por 3 a 1.

Daniel Godoy e Lauro Selbold, que faziam parte do time B do Brasil, perderam para o time A do Chile, por 3 a 1, e também para o time C da Argentina, por 3 a 1. O time Brasil C, com Lucas Paiva e Kenzo Carmo, ganhou o primeiro jogo da equipe Argentina/Peru, por 3 a 2, e perdeu para a Suécia, por 3 a 0. Nas oitavas de final, foi eliminado pelo Chile A, por 3 a 1.

 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa