Lacordaire Segundo: um paraibano entre os medalhistas da Copa Brasil

04/08/2018 15:53

Único mesa-tenista cadeirante da Paraíba, ele fez bonito na competição nacional em Cuiabá

Crédito da Foto: Christian Martinez/RGB Studios.

 

Cuiabá (MT), 04 de agosto de 2018.

Claudia Mendes

O nome é bem diferente. Lacordaire Segundo é um destes que chamam a atenção em uma rápida pesquisa no cartório. Ainda mais em uma competição nacional de tênis de mesa. Dono de muito prestígio no esporte paraibano, ele fez bonito na Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste. Neste sábado (4), em Cuiabá, conquistou a medalha de bronze do ranking da classe 2 (cadeirantes).

A origem do nome vem da cidade de Taperuá, no sertão da Paraíba. Um padre, com o mesmo nome, era amigo do avô do paratleta, Ildo Menezes. Como forma de homenagem, ele colocou o nome do filho de Lacordaire. Veio então mais uma geração, com Lacordaire Segundo, natural de Patos.

Hoje, Lacordaire é o único mesa-tenista cadeirante da Paraíba e compete pela Associação Cearense de Tênis de Mesa. Já teve a oportunidade de disputar competições internacionais e segue brigando por posições mais altas no ranking nacional. “O tênis de mesa devolveu minha dignidade de viver”, revela.

Lacordaire foi vítima de um acidente com uma cama elástica, quando tinha 24 anos. Hoje, com 37, é casado com Manu e pai de Bianca e Lívia. Uma das coisas que mais dá prazer ao paratleta é justamente o momento de disputar uma Copa Brasil: “A troca de experiências, encontros com outros atletas e a confraternização tornam o tênis de mesa um esporte agregador”.

Na disputa em Cuiabá, Lacordaire não teve moleza. Começou enfrentando de cara o multicampeão Iranildo Espíndola. Passou em segundo lugar na chave, depois de ganhar os dois jogos restantes do grupo, mas encarou outra fera, Guilherme Costa, na semifinal, e acabou derrotado por 3 a 0 (3/11, 4/11 e 3/11), ficando com a medalha de bronze.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa