Latino-Americano Infantil: Seis brasileiros buscam classificação para o Desafio de Cadetes

07/08/2017 15:17
Lívia Lima, Beatriz Kimoto, Kenzo Carmo, Diogo Silva, André Murchie e Daniel Godoi estarão na Guatemala
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 7/8/2017
 
Foto: ITTF
 
O Campeonato Latino-Americano Infantil começa nesta terça-feira (8) e o Brasil vai ser representado por seis atletas. Lívia Lima, Beatriz Kimoto, Kenzo Carmo, Diogo Silva, André Murchie e Daniel Godoi estão na Cidade da Guatemala, na Guatemala, para disputar a competição que garante vaga para o Desafio de Cadetes, que será disputado em Suva, no Fiji, entre 21 e 29 de outubro.
 
Para Lincon Yasuda, coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), a delegação brasileira tem tudo para trazer um bom resultado do torneio.
 
"Temos a expectativa de que eles tenham um bom desempenho nessa competição. Esse time masculino vem dominando o pódio desde a categoria sub-11, e o feminino já conquistou títulos sul-americanos contra as meninas dessa geração", avaliou.
 
Apesar do otimismo, Lincon ressalta que a seleção terá algumas adversidades na Guatemala. O coordenador afirma que a altitude de 1.532 metros do local de competição pode ser um obstáculo.
 
"As condições serão um pouco diferentes lá, porque há um pouco de altitude e isso sempre gerou alguma dificuldade a mais aos nossos atletas. Eles precisarão adaptar-se a um ambiente que é totalmente novo para essa equipe. Se eles conseguirem ajustar isso, podem chegar ao pódio", afirmou.
 
A disputa do torneio individual vale duas vagas para o Desafio de Cadetes: os dois primeiros colocados de cada gênero se classificam para o torneio mundial. Ao todo, 98 mesatenistas (52 meninos e 46 meninas) estarão brigando pela classificação.
 
Além da competição de simples, o Latino-Americano Infantil vai ter os torneio de duplas e por equipes. No primeiro, o Brasil vai ser representado por três duplas: Livia Lima/Beatriz Kimoto no feminino; Kenzo Carmo/André Murchie e Daniel Godoi/Diogo Silva no masculino. Já no segundo, o país vai ser defendido por André, Kenzo, Diogo e Daniel na disputa entre os homens.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br