Laura Watanabe comemora equilíbrio da carreira com os estudos

29/03/2018 12:47

Atleta é uma das joias da Seleção Brasileira infantil campeã sul-americana

FOTO: Laura Watanabe conversa com o técnico Francisco Arado, o Paco. Crédito: Christian Martinez/RGB Studios.

Concórdia (SC), 29 de março de 2018.
Por Claudia Mendes e Juliana Cumplido
 

Campeã sul-americana infantil pela seleção brasileira em Santiago (CHI) há pouco mais de uma semana, a jovem Laura Watanabe, 14 anos, é uma das atrações da Copa Brasil, que acontece em Concórdia (SC). A jogadora, que vive ótimo momento na mesa, também comemora uma outra conquista: a melhor harmonização dos estudos com os treinos. Estudante do 9º ano, Laura recebeu uma bolsa de estudos e uma proposta de conciliação entre as rotinas estudantil e esportiva. 

"Eu ganhei bolsa da Escola Educandária, em Santo André, para que eu possa treinar e estudar ao mesmo tempo. Eles dão aula de reforço e prova substituta se eu faltar por causa do treino. É ótimo", explicou Laura, que divide a rotina de treinos com a amiga Giulia Takahashi. Elas vão para São Caetano treinar levadas por Gisele, mãe de Giulia.

Por sinal, as duas parceiras de treinos e estudos triunfaram no Sul-Americano do Chile. Além de ganharem juntas a disputa por equipes, decidiram a competição individual. Desta vez, melhor para Giulia. Laura ficou com a prata.

A inspiração para seguir com a carreira e mirar sonhos altos está bem perto de Laura. Caroline Kumahara e Bruna Takahashi, as principais jogadoras brasileiras da atualidade, são próximas das meninas mais novas e viraram espelho natural para quem está crescendo no esporte e almejando feitos consideráveis.

"Meu sonho é disputar uma Olimpíada", afirma, com convicção, uma das atletas promissoras da nova geração.

Laura, aliás, fez boa estreia em Concórdia. Venceu por 3 sets a 0 a partida disputada contra Gabriella Kodama e estará em ação novamente ainda nesta quinta-feira (29/3). Acompanhe os placares em tempo real no site da CBTM.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com
Juliana Cumplido (estagiária) - juliana@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

Siga a CBTM nas redes sociais: