Letícia se espelha na "mãe" Caroline em busca do sucesso na modalidade

21/04/2012 10:12

Foi no colégio que a pequena Letícia Naomi Nakada teve o primeiro contato com o Tênis de Mesa, na verdade o ping-pong, como a própria menina prefere dizer. Em pouco tempo a brincadeira foi ficando séria e logo surgiu o convite para participar de um circuito escolar.

Nessa competição, Letícia conheceu Caroline Kumahara, que na época era apenas uma promissora atleta. Por indicação da nova amiga foi treinar em Santo André com a técnica Mônica Doti, começou a evoluir no esporte e passou a disputar torneios mais importantes como a Liga Nipo.

--- No início não conseguia chegar entre as primeiras, mas logo no segundo ano fui campeã geral da competição --- lembra a menina, hoje com 13 anos, integrante da Seleção Infantil que participa do Campeonato Sul-Americano realizado na Argentina.

Letícia passou então a treinar em São Caetano, o principal centro de Tênis de Mesa do Brasil, onde tem a companhia de astros da modalidade como Gustavo Tsuboi, o nº 1 do país, além de novos talentos como Hugo Caderano e a própria Caroline, com quem continua nutrindo uma grande amizade.

--- É minha filha. Veja se não parece? --- brinca Caroline.

Em 2010 Letícia começou a disputar o Ranking da Federação Paulista e o circuito Copa Brasil. Conquistou duas etapas, em Marília e no Rio de Janeiro, e teve a primeira experiência internacional no Sul-Americano no Paraguai, onde conquistou o ouro na Dupla Mista ao lado de Lucas Prandi.

No Campeonato Sul-Americano disputado na Argentina brilhou novamente e garantiu o título do Torneio de Equipes e a prata nas Duplas em parceria com Tathiane Pimentel.

--- Acho que estou aproveitando mais, pois é o segundo evento internacional que participo. No primeiro era tudo novidade e fiquei um pouco nervosa. Agora estou mais solta e isso ajudou a melhorar meu desempenho --- explicou a menina, que agora luta por uma medalha no Torneio Individual, que começa nesse sábado.