Marlene Takahashi conquista título individual no Campeonato Sul-Americano Master

26/08/2019 07:38

Brasileira venceu na categoria 60 anos. Veteranos trouxeram um total de 21 medalhas do torneio realizado no Paraguai

FOTO: Pódio da categoria feminino 60 anos. Crédito: Rogério Capobianco.

 

Assunção (PAR), 26 de agosto de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

Marlene Takahashi foi a grande vencedora do individual na categoria 60 anos do Campeonato Sul-Americano Master, em Assunção, no Paraguai. No último sábado (24), ela derrotou a peruana Marissa Cambiaso na decisão do torneio, por 3 a 2 (11/3, 11/9, 8/11, 9/11 e 11/7), conquistando a medalha de ouro.

Para chegar ao título, Marlene fez uma campanha praticamente perfeita. Na fase de grupos, passou em primeiro do grupo 3, com três vitórias. As vítimas foram a brasileira Sandra Lopes, a argentina Evelina Weber e a peruana Marissa Cambiaso, que viria a ser sua adversária na decisão do título. Nas quartas de final, ela bateu a brasileira Satiko Mori, por 3 a 0 (11/9, 11/9 e 11/9), e venceu a chilena Sara Villagran, na semifinal, por 3 a 1 (12/14, 11/5, 11/2 e 11/9).

Marlene não foi a única brasileira que chegou em finais individuais no Sul-Americano Master. No masculino 60 anos, Domingos Sávio ficou com a prata ao perder a decisão para o argentino Fernando Ovejero, por 3 a 0 (11/8, 13/11 e 11/6). Neder Neves, no masculino 50 anos, perdeu a final para o paraguaio Oscar Gavillan, por 3 a 0 (11/7, 11/8 e 11/8). No feminino 40 anos, Eliane Avanso ficou em segundo lugar no grupo único, conquistando também a medalha de prata.

A lista de medalhas no individual ainda teve mais três brasileiros. Charley Suzuki caiu na semifinal do masculino 55 anos, para o chileno Marco Gomez, por 3 a 2 (6/11, 7/11, 11/8, 11/9 e 13/15), e ficou com o bronze. No masculino 70 anos, mais um bronze, para Ednaldo Fernandes, que caiu na semifinal para o chileno rene Arriagada, por 3 a 1 (10/12, 9/11, 11/6 e 4/11). No feminino 60 anos, Emiko Takatatsu foi eliminada na semifinal, pela peruana Marissa Cambiaso, por 3 a 2 (11/8, 11/8, 14/16, 9/11 e 5/11), conquistando mais uma medalha de bronze.

Ao todo, o Brasil somou sete medalhas no individual, sendo uma de ouro, três de prata e três de bronze. Em todo o Sul-Americano Master, foram 21 medalhas, sendo seis de ouro, sete pratas e oito bronzes, com o país somando 2.450 pontos, em segundo lugar na classificação geral, atrás apenas do Chile.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa