Millena França, Francisco Wellington e Claudio Massad confirmam favoritismo entre os andantes na Copa Brasil

25/05/2019 20:54

Competições paralímpicas das classes 6 a 10 foi realizada na tarde deste sábado. Confira alguns dos principais resultados

FOTO: Pódio da Classe 10 masculino. Crédito: Christian Martinez/RGB Studios.

 

Brasília (DF), 25 de maio de 2019.

CLAUDIA MENDES

Três classificados ao Parapan de Lima confirmaram o favoritismo nas competições de classes paralímpicas andantes da Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste. Neste sábado (25), em Brasília (DF), Millena França, Francisco Wellington e Claudio Massad garantiram os títulos das classes 7 feminino, 8 masculino e 10 masculino, respectivamente. 

Millena (ADFEGO-GO) foi a campeã do grupo único da sua classe, vencendo seus dois jogos por 3 a 0. Francisco Wellington (Clube Esperia-SP), também em grupo único, foi outro a ganhar o título de forma invicta. Massad (Ass.Nova Era de TM-SP) bateu Alexandre Caldeira (A.D.Indaiatubana-SP), por 3 a 0 (11/3, 11/4 e 11/7), na decisão da sua classe.

“Fui campeão invicto, sem perder nenhum set. Joguei bem, estou satisfeito. Ainda estou tratando de uma hérnia de disco, fazendo uma preparação bacana. Isso me deixou mais motivado, vou trabalhar firme para poder representar bem o Brasil e conquistar a tão sonhada para os Jogos Paralímpicos de Tóquio”, disse Massad, que também venceu a disputa no sênior olímpico.

Outros favoritos também confirmaram as conquistas em Brasília. Casos da classe 8-9 feminino, onde Elem da Silva (APCEF-Manaus-AM) foi a campeã, e da classe 6 feminino, onde Dina Abreu (Ass.Joinvillense-SC) repetiu o desempenho da Copa Brasil de São Paulo.

Mas houve espaço para boas surpresas em outras classes. Pela classe 6 masculino, os favoritos Luiz Henrique Medina (APMDFESP-SP) e Goutier Rodrigues (APCEF-AM) foram eliminados nas semifinais. O campeão foi Felipe Oliveira (Clube Inclusivo-SP). Na classe 7 masculino, Alberto Valério (Ass.Varginhense-MG) aproveitou a ausência dos craques Israel Stroh e Paulo Salmin para conquistar o título de forma incontestável.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
                                                         

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Lucas Mathias (estagiário)

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa