Nutricionista segue dieta e faz musculação para melhorar seu desempenho

25/07/2013 14:36

Para se tornar um atleta profissional é preciso ter uma vida regrada e evitar os excessos. O sergipano Marcus Nascimento, campeão do Rating D da Copa Brasil Manaus, que aconteceu esse mês no ginásio do Shopping Studio 5, sabe perfeitamente disso e escolheu uma profissão bem adequada. 

O atleta da Academia Sergipana é formado em Nutrição e usa o seu conhecimento acadêmico para levar vantagem sobre os adversários. Além se seguir uma dieta balanceada a base de frutas e carnes, também gosta de fazer musculação para melhorar o condicionamento físico.

--- Procurei unir o útil ao agradável no momento de escolher minha profissão --- explicou Marcus, que antes do treino gosta de ouvir rock para “aquecer”, mas também curte um Axé e música eletrônica.

--- Quero aproveitar para mandar um abraço a todo pessoal que treina comigo, quatro vezes por semana, em Sergipe, e também para a minha namorada Talita. Vou dar o máximo para representar meu estado da melhor forma possível --- garantiu.

O Tênis de Mesa é uma das poucas modalidades onde atletas Olímpicos e Paralímpicos podem se enfrentar, e logo na estreia da competição Marcus jogou contra o cearense David Freitas, um dos destaques do país na Classe 3, campeão do Torneio de Equipes nos Jogos Parapanamericanos de Guadalajara, em 2011, com Welder Knaf, Iranildo Espindola e Ronaldo Souza.

Apesar das limitações, David já venceu várias vezes jogadores sem deficiência e vendeu caro a derrota, por 3 a 1. Marcus ficou impressionado com o talento do atleta cadeirante e confirmou que não foi fácil vencê-lo.

--- Não é fácil jogar contra cadeirantes, porque temos que seguir algumas regras, como sacar somente no fundo da mesa. Além disso, também existe uma pressão psicológica. Essa foi a segunda vez e devo dizer que foi muito difícil, principalmente por se tratar de um atleta de Seleção, que joga em alto nível --- explicou Marcus.

O evento foi uma realização da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTMA), e Confederação Brasileira de Tênis de Mesa.

A CBTM conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.