O primeiro confronto oficial das irmãs Takahashi

23/06/2018 21:23

Não teve moleza para nenhum dos lados no duelo entre Bruna e Giulia Takahashi. No final, vitória da mais velha

 

São Paulo, 23 de junho de 2018.

Nelson Ayres

Os apaixonados por tênis de mesa que compareceram ao Centro Paralímpico de São Paulo, neste sábado (23/6), tiveram a oportunidade de presenciar um grande momento. Pela primeira vez, de forma oficial, duas das maiores promessas da modalidade, as irmãs Bruna e Giulia Takahashi, se enfrentaram, na seletiva para o Campeonato Pan-Americano. Pela trajetória de ambas no tênis de mesa, esse duelo deve se repetir muitas vezes.

Prestes a completar 18 anos, Bruna já é uma realidade. Conquistou diversos títulos nas competições latino-americanas e figura como a melhor mesa-tenista brasileira no ranking mundial (83° lugar). Giulia, ainda com idade mirim, já acumula medalhas na categoria infantil, atropelando as adversárias.

Pensam que foi brincadeirinha? Nada disso. As duas fizeram um confronto duro, disputadíssimo e com várias provocações. A pequena Giulia venceu o primeiro set, mas a irmã mais velha ganhou o confronto por 3 a 1 (9/11, 11/5, 11/5 e 11/6).

“Ela sabe todos os meus pontos fortes e fracos, todas as minhas estratégias, pois treinamos juntas. No jogo eu tentei mudar, mas ela acabou vencendo. Estou treinando bastante, quero ganhar”, avisa a determinada caçula.

Giulia, por sinal, teve um desempenho notável no primeiro dia de seletiva. Venceu os três outros jogos que disputou e está classificada para as quartas de final, neste domingo.

Bruna, por sua vez, elogiou a conhecida adversária e confessou um nervosismo por enfrentar a irmã que seguiu seus passos: “Ela é muito pequena ainda e fez um grande jogo”.

Se tudo der certo, Bruna e Giulia devem fazer muitos outros duelos. Elas acreditam que um dia podem se enfrentar até em uma competição mundial. O resultado? Bruna prefere cautela.

“Falta muito tempo ainda”, despista, sorrindo.

A família Takahashi e os amantes do tênis de mesa brasileiro esperam, ansiosos, este dia chegar.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.


 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Marcio Menezes – marcio@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa