Pedro Rodrigues e a emoção de enfrentar um dos melhores do mundo no Brasileiro

01/12/2018 14:57

Jovem, de apenas 18 anos e torcedor fanático do Santos, foi o primeiro adversário de Hugo Calderano no Campeonato Brasileiro

Crédito da Foto: Christian Martinez/RGB Studios.

 

Concórdia (SC), 1º de dezembro de 2018.

CLAUDIA MENDES E LUCAS MATHIAS *

O mesa-tenista Pedro Henrique Rodrigues (CR Saldanha da Gama/Joola/Santa Cecília-SP) viveu um momento muito especial neste final de semana, no 52º Campeonato Brasileiro, em Concórdia. Não somente pelo título juvenil que conquistou na sexta-feira. Mas principalmente por ter enfrentado o número 9 do mundo, na estreia dele na competição, neste sábado (1º).

O primeiro adversário de Hugo Calderano tem 18 anos. É nascido e criado em Santos e torcedor fanático do Peixe. Como muitos garotos brasileiros, começou no futebol, aos 7 anos. Estava na escolinha do clube. Era um jogador promissor, bom de bola.

Até que, numa viagem com os pais, choveu intensamente, por vários dias. A única saída para a criança foi o salão de jogos e a mesa de ping-pong. Sim, para ele era ping-pong naquela época.

"Foi então que me apaixonei pelo esporte. Não larguei mais", diz o atleta, que só evoluiu desde então.

Na sexta-feira, foi divulgada a tabela definitiva da categoria Absoluto A. E lá estava o nome de Pedro Rodrigues como adversário de Calderano. "Fiquei feliz. Em nenhum momento fiquei nervoso. Tinha de ter tranquilidade para deixar o jogo fluir. Meu primeiro set foi bom. Mas ele é muito, muito forte".

De fato, o garoto fez jogo duro no primeiro set, que permaneceu equilibrado até o final. Depois, Calderano mostrou todo o seu talento, que o colocou entre os melhores do planeta, vencendo por 3 a 0 (11/8, 11/3 e 11/1).

"A recepção dele é inacreditável, a defesa espetacular e o ataque perfeito. É, sem dúvida, um dos melhores do mundo e vai chegar mais longe ainda", avisa o adversário.

 

*Lucas Mathias, estagiário sob a supervisão da equipe da Assessoria de Comunicação

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa