Pela segunda vez em menos de um ano, Brasil tem seis atletas no Top 100 do ranking mundial de tênis de mesa

02/04/2019 16:24

Bruna Takahashi e Eric Jouti conquistam as melhores posições de suas carreiras. Calderano cai para o sétimo lugar

FOTO: Bruna Takahashi tem sua melhor colocação histórica. Crédito: ITTF.

 

Rio de Janeiro (RJ), 02 de abril de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

A ascensão do tênis de mesa brasileiro foi comprovada novamente nesta terça-feira (2). Pela segunda vez em menos de um ano, o Brasil tem seis atletas no Top 100 dos rankings masculino e feminino de tênis de mesa: Bruna Takahashi e Lin Gui entre as mulheres, e Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Eric Jouti e Thiago Monteiro entre os homens.

Além da confirmação dos seis Top 100 pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), dois atletas podem se orgulhar da melhor marca de suas carreiras. Bruna Takahashi (64ª no feminino) e Eric Jouti (74° no masculino) estão no ponto mais alto que já conseguiram atingir na lista. Por sua vez, Thiago Monteiro (91° também no masculino) não atingia este patamar há muitos anos. Sua posição mais expressiva foi o 59° lugar, em 2008. 

Hugo Calderano segue sendo o número 1 entre os brasileiros, mas teve pequena queda neste mês, em razão de campanha abaixo do esperado no Aberto da Catar. Eliminado na fase de 32, ele agora é o sétimo lugar na lista, com 12.665 pontos. Ele foi superado pelo sul-coreano Lee Sangsu, que pulou para 13.359. O líder do ranking segue sendo o chinês Fan Zhendong, há um ano na primeira colocação, com 16.536 pontos.

Calderano, porém, segue sendo o melhor atleta das Américas desde a criação do ranking mundial. O norte americano Sol Schiff é considerado pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) como o número 4 do mundo, em 1938, quando não havia ranqueamento.

Gustavo Tsuboi, o segundo melhor brasileiro na lista, saltou neste mês, do 42° para o 40° lugar, em razão do desempenho nos Abertos de Omã e do Catar. A melhor posição histórica de Tsuboi é o 33° lugar.

Confira a posição de todos os brasileiros ranqueados: 

 

FEMININO

64ª Bruna Takahashi (69ª no ranking anterior)

99ª Lin Gui (99ª no ranking anterior)

191ª Jéssica Yamada (187ª no ranking anterior)

285ª Caroline Kumahara (287ª no ranking anterior) 

 

MASCULINO

7º Hugo Calderano (6º no ranking anterior)

40º Gustavo Tsuboi (40º no ranking anterior)

74º Eric Jouti (81º no ranking anterior)

91º Thiago Monteiro (104º no ranking anterior)

126º Vitor Ishiy (122º no ranking anterior)

294º Humberto Manhani (286º no ranking anterior)

357º Cazuo Matsumoto (355º no ranking anterior)

842° Danilo Toma (primeira vez no ranking)

974º Carlos Ishida (939º no ranking anterior)

985º Gustavo Yokota (958º no ranking anterior)

1.053º Vítor Santos (1.044º no ranking anterior)

1.223º Luan Barbosa (1.234º no ranking anterior)

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa