Presença de atletas da Seleção é a certeza de emoção na Classe 9

03/04/2012 16:19

Alguns dos principais duelos da segunda edição do circuito Copa Brasil, que será realizada entre os dias 12 e 15 desse mês no Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, no bairro Treze de Julho, em Aracajú, acontecerão no evento Paralímpico, em especial na Classe 9 masculina, onde o nível técnico é muito equilibrado.

Seis atletas estão inscritos na competição e três deles fizeram parte do grupo que disputou o Parapan de Guadalajara, no México, no ano passado. Edimilson Pinheiro, Guilherme Ifanger e Flávio Seixas lutarão por mais um título e terão a companhia de Caio Gerstmann e Erick Keiji Higa, da Associação Kenzen/Itú – SP e Reginaldo Caldeira Gomes, do Jundiaí.

A campanha de Guilherme Ifanger na Seletiva realizada em julho, em São Paulo, para o Parapan de Guadalajara, no México, foi impecável: venceu as quatro partidas que disputou por 3 a 0, saindo invicto sem perder nenhum set na Classe 9, uma das mais equilibradas no masculino. Ifanger conquistou a medalha de bronze no Campeonato Parapanamericano de Isla Margarita, em 2009.

Edimilson Pinheiro, que agora está no Grêmio Recreativo Fabriva Iochpe Maxion, derrotou Flávio Seixas na final da Seletiva. Desde 1999, na Cidade do México, o atleta não fica de fora da competição mais importante das Américas.

Flávio Seixas, por sua vez, é a prova concreta de que o talento é capaz de superar todas as adversidades. Mesmo com pouco tempo para treinar, dividindo seu tempo entre o trabalho, a família e a função de Presidente da Federação Alagoana de Tênis de Mesa, conseguiu se classificar para o Parapan de Guadalajara, no México, sua primeira competição internacional. Apesar da derrota na Seletiva, conseguiu a vaga por indicação técnica.

No ano passado, na Copa Brasil Recife, Flávio derrotou Edimilson e ficou com a medalha de ouro, o que reforça o equilíbrio e torna a competição imprevisível.

A Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste I será organizada pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes de Aracajú e a Secretaria Estadual de Esportes de Sergipe.