Presidente Alaor Azevedo e CEO Geraldo Campestrini participam de série de reuniões em Budapeste

26/04/2019 17:30

Encontros aconteceram paralelamente aos jogos do Mundial de Tênis de Mesa e trataram de pontos diversos sobre a modalidade

FOTO: (da esquerda para a direita) Alaor Azevedo e Geraldo Campestrini durante a reunião da Assembleia Geral da ITTF.

 

Budapeste (HUN), 26 de abril de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

O presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Alaor Azevedo, e o CEO da entidade, Geraldo Campestrini, participaram de uma série de reuniões paralelas ao Campeonato Mundial de Tênis de Mesa, em Budapeste, na Hungria. Entre os vários assuntos tratados, a definição das sedes dos próximos Mundiais, a maior atuação da modalidade em aspectos sociais e o investimento no alto rendimento.

Na Assembleia Geral da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), foram definidas as sedes dos Mundiais de 2021 (individual e duplas) e 2022 (equipes). O primeiro será realizado em Houston, nos Estados Unidos, enquanto o segundo acontece em Chengdu, na China. Em 2021, será a primeira vez desde 1939 que o Mundial não será na Ásia ou Europa (o último fora dos dois continentes foi no Egito).

“É uma ação importante, no sentido de expansão do tênis de mesa para outros continentes. E isso, de certa forma, nos fortalece também. A ITTF também apresentou os relatórios que demonstraram a ótima saúde financeira da entidade, que teve mais de 20 milhões de dólares em patrocínios em 2018. Foram realizadas pequenas mudanças pequenas no estatuto e foi discutida a possibilidade de retorno da bolinha amarela, além das borrachas de outras cores fora a vermelha e a preta”, detalhou Alaor Azevedo.

Nesta semana também foi realizada a reunião da ITTF Foundation. Criada há pouco mais de um ano, a fundação tem como prioridade os projetos que envolvam o tênis de mesa para o desenvolvimento da humanidade. Além da apresentação de diversas ações, foram detalhados os resultados do Dia Mundial de Tênis de Mesa, comemorado no último dia 6.

Outra reunião foi da área técnica e de desenvolvimento esportivo de ITTF. O objetivo do encontro foi apresentar ações para o desenvolvimento da modalidade.

"Um dos conceitos tratados foi o da formação e investimento nos técnicos, que são fundamentais para o desenvolvimento do esporte em âmbito global. É preciso oferecer oportunidades de capacitação e de financiamento para os técnicos, uma vez que eles são um pilar fundamental na qualificação de atletas para o alto nível. Isto é essencial para que mais países possam ser competitivos em âmbito global", explicou Campestrini.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa