Presidentes participam de último compromisso na sede de CBTM

24/02/2013 11:55

Depois de participarem da Assembleia Geral que reelegeu o Presidente Alaor Azevedo até os Jogos Olímpicos de 2016, e assistirem as palestras com profissionais do mais alto gabarito do meio esportivo, três dirigentes que assumiram recentemente as Federações de seus estados tiveram um último compromisso na sede da CBTM, nesse sábado.

Emerson Jeronimo, do Paraná, Jadelson Ribeiro dos Santos, do Piauí, e Lincoln Lacerda, de Goiás, foram submetidos a um treinamento que começou às 9h e se estendeu até o início da tarde.

Além deles, também estiveram presentes Nelson Machado, Coordenador do projeto de Detecção de Talentos, e o Coordenador Geral de Seleções Paralímpica, José Ricardo Rizzone.

O objetivo dessa ação é fazer com que os novos parceiros trabalhem de forma semelhante a CBTM, sempre buscando a excelência. Entre os temas, GORE - Processos administrativos, Gerenciamento de Federações, STDJ e TJD, Cominad, Procedimentos e Formulários, Cultura CBTM, Comites Especiais, Gerenciamento das operações, Produtividade e Treinamentos.

--- Após as apresentações foi aplicada uma avaliação para medir o aproveitamento de cada palestra --- explicou a Gerente Geral de Operações e Relações Externas, Walquiria Lima San-Thiago.

Além de dirigente, Lincoln Lacerda (esquerda)  também é atleta e venceu a Seletiva que aconteceu no início do ano, em Piracicaba, garantindo a vaga na Seleção Brasileira que disputará o Campeonato Parapanamericano, em julho, ainda em local a ser definido.

--- É um momento importante para o Tênis de Mesa brasileiro. Tenho certeza de que todos aprenderam muito e voltarão para seus estados com conhecimento para realizar um trabalho melhor. Foi muito bom trocar experiências com dirigentes de todo o país --- explicou afirmou Lincoln.

Outro novato na Assembleia Geral e no Circuito de Palestra é Jadelson (direita), que sempre praticou o esporte com os amigos, mas apenas por diversão, porque em seu estado não havia uma entidade com clubes filiados, o que impede a inscrição de atletas nos eventos promovidos pela CBTM. Para mudar essa situação, o próprio decidiu se organizar e depois de oito meses conseguiu fundar a Federação do Piauí.

--- Estamos tentando fazer aumentar o número de jogadores no nosso estado e nas competições organizadas pela CBTM, o que nunca aconteceu até hoje. Estou feliz em constatar o profissionalismo e seriedade com que o Tênis de Mesa no Brasil é comandado--- afirmou.

Diferentemente do Piauí, o Paraná é uma das grandes forças da modalidade no país. Emerson Jeronimo (esquerda) trabalha para que a Federação continue crescendo e considera fundamental para isso se fazer presente.

--- Essa troca de experiências e conhecimento entre os dirigentes é muito importante. Estou satisfeito em ter participado dessa Assembleia e assistido as palestras. Tudo isso ajuda no desenvolvimento. É preciso estar presente --- afirmou.