Projeto Sacando para o Futuro começa a dar resultados no Rio de Janeiro

08/11/2012 21:01

Uma das missões da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa é ajudar a massificar a modalidade no país. O projeto Sacando para o Futuro, que já atende 30 escolas do Rio de Janeiro, pode ajudar nisso mas não tem a pretensão de revelar atletas de alto nível, pois já existe a Detecção de Talentos.

Além de estimular a prática esportiva, esse projeto coordenado por Omar Barbosa visa ajudar na formação das crianças, pois muitas delas convivem com problemas familiares, são agressivas ou têm dificuldades de aprendizado. Os primeiros resultados positivos já começam a ser alcançados.

Segundo o professor Jayme Machado, da Escola Municipal Carlos Maul, que fica em Realengo, depois que o projeto Sacando para o Futuro foi implantado muita coisa mudou. Alunos antes rebeldes passaram a ter mais disciplina e outros melhoraram seus rendimentos na sala de aula, sem dúvida duas grandes conquistas.

--- Depois que começaram a praticar Tênis de Mesa, os alunos ficaram mais pacientes, educados e isso foi o muito importante --- explicou Jayme, lembrando que antes estimulava a prática do ping-pong e xadrez na hora do recreio para evitar o ócio, mas agora tem como oferecer algo muito melhor.

--- Temos uma estrutura muito melhor, com mesa, separadores, raquetes, bolinhas, tudo que é preciso para jogar. A procura tem sido excelente --- garantiu o professor, um dos 30 que participaram do curso Nível 1 da ITTF promovido pelo especialista Nelson Machado.