Projeto Sacando para o Futuro já atende a mais de mil crianças no Rio de Janeiro

20/03/2013 10:27

O projeto Sacando para o Futuro, um dos mais importantes da CBTM, já atende mais de mil crianças de 30 escolas públicas do Rio de Janeiro.

Para mostrar os resultados com transparência, já que ações desse tipo só são possíveis graças a recursos públicos, a Imprensa da CBTM vai visitar uma escola por semana.

A primeira foi a Silveira Sampaio, no bairro de Curicica, em Jacarepaguá, que tem como professor Wendel de Paiva e é supervisionada por Norton de Carvalho.

A cada semana serão publicadas fotos, vídeos e entrevistas com alunos e todos os responsáveis pelo projeto, incluindo assistentes e os  diretores das escolas.

O objetivo desse projeto vai além da descoberta de talentos, pois antes de revelar um atleta de alto nível existe a preocupação em formar o cidadão.

Professores de Educação Física foram selecionados e fizeram o curso promovido pelo especialista Nelson Machado. Todos são orientados por seis supervisores, escolhidos por entendem Tênis de Mesa.

Os seis supervisores passam periodicamente informações ao Coordenador Assistente Renê Silva e ao Coordenador Geral Omar Barbosa, que comanda esses 37 profissionais.

--- O Sacando para o Futuro está tomando uma dimensão gigantesca e nossa meta e levar o Tênis de Mesa a todas as escolas do Rio de Janeiro --- afirmou Omar.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Leia também:

Diretora da Escola Silveira Sampaio comemora vitória sobre a criminalidade 

Auxiliar de arbitragem comanda as atividades na escola Silveira Sampaio 

"Brinquedo novo" aumenta o interesse dos alunos pelo Tênis de Mesa