Reuniões e visitas diárias garantem o sucesso do trabalho nas escolas

08/11/2012 19:15

Para ensinar Tênis de Mesa a uma criança é preciso ter um mínimo de conhecimento. Por isso, a CBTM se preocupa com a especialização de seus profissionais e os 30 professores relacionados para o projeto Sacando para o Futuro participaram do curso Nível 1 da ITTF promovido pelo especialista Nelson Machado.

Esses 30 professores das escolas municipais do Rio de Janeiro possuem cinco supervisores, que respondem ao Coordenador Assistente Renê Silva e ao Coordenador Geral Omar Barbosa. Para que tudo saia dentro do planejado, as reuniões são permanentes e as visitas as escolas diárias.

Como quatorze escolas que participam do projeto estão inscritas nos Jogos Estudantis, evento promovido pela Prefeitura com o apoio da Federação de Tênis de Mesa do Rio, que acontece no Sesc de São João de Meriti, Renê aproveitou o momento para elaborar alguns relatórios que serão entregues aos responsáveis na CBTM.

--- Todo trabalho realizado é comprovado através de relatórios. Isso ajuda a controlar e facilita o andamento das ações --- explicou Renê, que também é atleta do Fluminense e no ano passado levou o Rio de Janeiro ao segundo lugar na categoria Absoluto A, perdendo na final para o São Paulo de Hugo Hoyama.

O projeto Sacando para o Futuro é considerado um dos mais importantes da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa e já beneficia alunos de várias idades de 30 escolas do município do Rio de Janeiro. O objetivo estimular a prática esportiva e, quem sabe, revelar talentos.