Evento movimenta a economia e deixa legado de R$ 80 mil para Manaus

17/07/2013 18:38

Na tarde dessa quarta-feira, alguns dos principais atletas da Seleção Brasileira que disputarão a Copa Latina, que faz parte do Circuito Mundial Amazônico de Tênis de Mesa e envolve também uma etapa do Circuito Copa Brasil, participaram de uma entrevista coletiva no ginásio do Shopping Studio 5, em Manaus, onde as competições acontecem até o próximo domingo.

O evento contou com as presenças do técnico Francisco Arado, o Paco, Hugo Hoyama, Cazuo Matsumoto, Gustavo Tsuboi, Hugo Calderano, Vitor Ishiy, Israel Barreto, André Galvão, Presidente da Federação do Amazonas, e Fabrício Lima, que é o titular da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude.

--- Estamos felizes em poder trazer mais uma vez para Manaus grandes ídolos da modalidade. As portas do ginásio do Shopping Studio estão abertas para o público, que terá a oportunidade de interagir com essas feras do esporte. O evento nem começou, mas tenho certeza de que só pela organização, estrutura, e o número de inscritos, será um sucesso --- afirmou Fabrício.

Manaus é conhecida mundialmente pelo seu potencial turístico e pelo ecoturismo, que faz da cidade o décimo destino de visitantes no Brasil. O Secretário Fabrício Lima fez questão de destacar a importância da competição para a economia da região, que receberá mais de trezentas pessoas envolvidas com a competição.

--- Teremos atletas, familiares, amigos, organizadores, árbitros, que vão ficar hospedados, pegarão taxi, conhecerão a nossa culinária, enfim, movimentarão a nossa economia. Somos conhecidos pela nossa imensa floresta, que atrai o ecoturismo, mas aqui estamos lançando o turismo esportivo --- afirmou o Secretário, visivelmente satisfeito.

Além do retorno financeiro para os hotéis da cidade, os restaurantes, comerciantes e o setor de transporte, Fabrício Lima lembrou que o material utilizado ficará em Manaus para ser utilizado pela Federação nas competições estaduais. Isso representa um legado de mais de R$ 80 mil que com certeza ajudará a elevar o nível dos atletas e prepará-los para os eventos nacioaránais.

--- Recebemos também a notícia de que a CBTM vai nos ajudar a realizar um intercâmbio na Europa. Vamos levar sete atletas e três técnicos. Manaus já é um dos grandes centros do Tênis de Mesa do país e esse legado deixado vai nos ajudar muito --- completou o Secretário.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.