Seis brasileiros estão na chave principal do Aberto do Chile

27/04/2012 14:51

Passada a fase de grupos do Torneio Individual do Aberto do Chile, etapa do Circuito Mundial promovida pela Federação Internacional de Tênis de Mesa que acontece na cidade de Santiago, seis atletas brasileiros continuam na disputa e já estão na chave principal, entre os 32 melhores da competição.

Por causa das posições que ocupam no Ranking, Thiago Monteiro e Cazuo Matsumoto não disputaram a fase de grupos e estreiam nessa sexta-feira. Thiago enfrentará o alemão Philipp Floritz, enquanto Cazuo jogará contra o chileno Marcelo Fernandez.

Eric Mancini disputou apenas uma partida até o momento, contra o chileno Juan Lamadrid, a quem venceu por 4 a 0 (11-7, 11-7, 11-8, 11-8), terminando em primeiro lugar porque seu outro adversário não apareceu e levou W.O.

Humberto Manhani teve muito mais trabalho. No primeiro jogo contra o chileno Raimund Hofmann conseguiu uma vitória tranquila, por 4 a 0 (11-2, 11-2, 11-5, 11-1), mas depois precisou suar a camisa para superar o argentino Fermin Tenti, que há uma semana foi campeão Sul-Americano na categoria Infantil.

O brasileiro fechou a partida em 4 a 3, com parciais de 11-6, 11-9, 9-11, 8-11, 8-11, 11-6, 11-8. Agora terá pela frente o alemão Patrick Franziska.

Danilo Toma derrotou o chileno Gerardo Diaz, por 4 a 0 (11-4, 11-3, 11-5, 11-5) e depois o argentino Adriel Di Salvo, por 4 a 1 (11-5, 14-12, 8-11, 11-1, 13-11). Seu próximo adversário será o japonês Maharu Yoshimura.

Já Hugo Hoyama venceu os chilenos Martin Pinto, por 4 a 0 (11-3, 11-4, 11-5, 11-7) e Sergio Luhr, pelo mesmo placar (11-4, 11-9, 11-4, 11-6). O adversário da fase entre os 32 melhores será o alemão Steffen Mengel.

Os demais brasileiros, Jeff Yamada, Lidney Castro, Ricardo de Barros, Gustavo Souza e Normando Alencarf foram eliminados.