Seleção Infantil passa por grupo difícil e ganha confiança na luta pelo ouro

19/04/2012 09:07

A Seleção Infantil Masculina formada por Isaac Zauli, Thomas Uno, Diego Dias e Gustavo Yokota.está classificada para a semifinal do Torneio de Equipes do Campeonato Sul-Americano, que acontece em Buenos Aires, na Argentina.

Na manhã dessa quinta-feira, os meninos entram em ação em busca da vaga na decisão contra o Peru. Depois de um dia difícil, os brasileiros ganharam confiança e dificilmente deixarão escapar a vaga para decidirem o título.

O Brasil caiu em um grupo muito equilibrado, com Equador, Chile e Paraguai. O primeiro jogo foi contra o Chile, com vitória por 3 a 1. Gustavo Yokota começou bem e abriu 2 a 0, mas não soube administrar a diferença contra Vicente Parra, que conseguiu reverter o placar e virar o jogo para 3 a 2.

Apesar da desvantagem, Isaac Zauli (foto) não se intimidou e empatou a série de forma arrasadora, por 3 a 0. Em seguida, Thomas Uno entrou muito bem na partida e, apesar do jogo duro com placares apertados, venceu por 3 a 0.

Isaac Zauli voltou para o quarto jogo com a missão de fechar a vitória para o Brasil e mais uma vez foi mostrou muita segurança e venceu o jogo por 3 a 0.

Contra o Equador, equipe mais forte do grupo, os brasileiros conseguiram uma importante vitória por 3 a 1. Gustavo Yokota, fez a diferença nesta partida, conseguiu se reabilitar da derrota no jogo anterior e venceu Marlon Vite por 3 a 0, em um duelo onde o adversário teve muitas dificuldades por causa do estilo cato do brasileiro.

No segundo jogo Isaac Zauli, enfrentou Adrian Cabrera, atual Campeão Sul-Americano Escolar, e mais uma vez entrou de forma arrasadora, abrindo 2 a 0. No entanto, no terceiro set Adrian Cabrera mostrou personalidade, pressionando Isaac, jogando no contra-ataque e conseguiu empatou o jogo em 2 a 2. No quinto set chegou a abrir 5 a 1, mas depois de um pedido de tempo Isaac variou muito bem os saques e conseguiu virar o set e fechar em 11 a 6.

Thomas entrou no terceiro jogo, contra Dany Garcia, e teve muita dificuldade na recepção e perdeu por 3 a 0. Isaac Zauli disputou o quarto jogo contra Marlon Vite e fez sua melhor exibição na Argentina até o momento. Apesar do placar de 3 a 2, conseguiu aguentar a pressão de Marlon e soube mudar a todo o momento a tática para vencer o jogo.

--- Contra o Paraguai, o Brasil manteve o ritmo e só administrou o jogo, com vitórias tranquilas de Isaac Zauli e Thomas Uno por 3x0 e uma bela virada de Diego Dias, que conseguiu reverter um placar adverso de 0 a 2 e 8 a 5 para virar o jogo em 3 a 2, classificando o Brasil para na 1° colocação do grupo --- explicou o técnico Guilherme Simões.

Infantil Masculino

Brasil 3 x 1 Chile

Gustavo Yokota 2 x 3 Vicente Parra

Isaac Zauli 3 x 0 Sergio Lurh

Thomas Uno 3 x 1 Jonel Rodriguez

Isaac Zauli 3 x 0 Vicente Parra

 

Brasil 3 x 1 Equador

Gustavo Yokota 3 x 0 Marlon Vite

Isaac Zauli 3 x 2 Adrian Cabrera

Thomas Uno 0 x 3 Dany Garcia

Isaac Zauli 3 x 2 Marlon Vite

 

Brasil 3 x 0 Paraguai

Isaac Zauli 3 x 0 Ignacio Rotela

Diego Dias 3 x 2 Martin Gonzalez

Gustavo Yokota 3 x 0 Ricardo Bonnin

 

Infantil Feminino

Brasil 3 x 0 Argentina

Letícia Nakada 3 x 1 Candela Molero

Tathiane Pimentel 3 x 2 Ana Zapatero

Hana Ueda 3 x 0 Marianela Armeli

 

Brasil 3 x 2 Chile

Tathiane Pimentel 2 x 3 Daniela Ortega

Letícia Nakada 3 x 2 Carolina Jofre

Hana Ueda 3 x 1 Javiera Castillo

Letícia Nakada 2 x 3 Daniela Ortega

Tathiane Pimentel 3 x 0 Carolina Jofre