Sul-Americano Mirim/Pré-Mirim: Brasil fica com dois ouros e uma prata por equipes

19/05/2017 14:20

Equipe Pré-Mirim masculina e Mirim feminina chegaram ao lugar mais alto do pódio. Time Mirim masculino ficou em segundo

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 19/05/2017

Foto: ITTF

O Brasil encerrou o torneio de equipes no Sul-Americano Mirim/Pré-Mirim, que acontece em Assunção, Paraguai, com dois ouros e uma prata, sendo uma das delegações mais vencedoras desta etapa da competição. O time Pré-Mirim masculino e Mirim feminino chegaram ao lugar mais alto do pódio, enquanto o Mirim masculino ficou com a segunda colocação.

Agora, os representantes da delegação brasileira vão encarar a fase individual do torneio, que tem início ainda nesta sexta-feira (19).

“Eu estou orgulhoso e completamente feliz porque trabalhamos muito com a base. Eu sou um dos dois treinadores que cuidam especificamente da base brasileira. Essas crianças estão em um projeto com a seleção desde muito jovem. Isso vai, certamente, ajudar de forma positiva na carreira deles”, disse Andrew Martins, técnico que acompanha o Brasil no Sul-Americano, ao site da Confederação Latino-Americana de Tênis de Mesa (ULTM). Ele é um dos treinadores do Diamantes do Futuro, principal projeto de detecção de talentos da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

A equipe Pré-Mirim masculino, formada por Guilherme Marchiori e Leonardo Iizuka, bateu a Argentina na final por 3 jogos a 0 e garantiu a medalha de ouro.  Na primeira partida, Guilherme Marchiori venceu Nicolas Callaba por 3 sets a 0 (11/2; 11/7 e 16/14). Já Leonardo passou por Thiago Peralta também por 3 a 0 (11/4; 11/4 e 11/5). Nas duplas, o time verde e amarelo derrotou Tobias Pereyra e Tomas Saavedra Alin por 3 sets a 0 (11/7; 11/3 e 11/6).

Enquanto isso, as meninas do Mirim, Giulia Takahashi, Laura Watanabe e Laira Silva,  deixaram para trás o Peru pelo placar de 3 jogos a 0. Giulia venceu Ana Aragon por 3 sets a 0 (11/8; 11/ 7 e 11/6), enquanto Laura bateu Lucciana Cisneros por 3 sets a 1 (11/7; 11/3; 10/12 e 11/4). Nas duplas, as brasileiras passaram por Ana Aragon e Maria Maldonado por 3 sets a 0 (11/2; 12/10 e 12/10).

No Mirim masculino, na briga pelo ouro, Gustavo Gerstmann, Henrique Noguti, Joon Shim e Luigi Yamane, acabaram perdendo para o Peru por 3 jogos a 1. Na primeira partida, Henrique Noguti encarou Adrian Rubinos e venceu por 3 sets a 1 (11/8; 16/14 e 11/5). Depois, Gustavo teve pela frente Carlos Fernandez e fez um bom jogo, mas acabou perdendo por 3 sets a 1 (8/11; 11/8; 11/9 e 11/9). Nas duplas, Joon Shim e Luigi Yamane perderam por 3 sets a 0 (13/11; 11/4 e 11/7). No quarto jogo, Carlos Fernandez bateu Henrique Noguti por 3 sets a 0 (11/9; 11/3 e 11/7), fechando o confronto.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br