Técnico Lincon Yasuda participa de Fórum Internacional de Esportes de Elite

30/08/2013 15:33

O Coordenador Técnico de Seleções Brasileiras, Lincon Yasuda, participou essa semana do Fórum Internacional de Esportes de Elite, uma iniciativa da ASPC, "Association of Sports Perfomance Centers". Nessa oitava edição, o COB foi escolhido para organizar e sediar o evento.

--- Tivemos um evento muito bem realizado, com alto padrão em todas as áreas e com grande presença, principalmente, de administradores de centros de treinamento do mundo todo.

Foram dois dias de palestras bem puxados, do ponto de vista da relação carga horária X volume de informações. Mas, em minha opinião, foi uma excelente oportunidade para conhecer e entender o espírito e a visão de verdadeiros vencedores, pessoas vitoriosas em suas carreiras e com total conhecimento atualizado voltado ao alto rendimento.

Para mim, as apresentações que mais chamaram a atenção, foram aquelas cujo conteúdo foram as experiências de profissionais que tiveram experiências vitoriosas  dentro de suas áreas: Bernardo Rezende, técnico da Seleção Masculina de Volei que falou sobre liderança e construção de um time vencedor, Clive Woodward que falou sobre o DNA de um campeão, John Underwood que falou sobre a alta perfomance humana. Além deles tivemos duas entrevistas:uma com o atual diretor técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Alberto Parreira, e com o tetra-campeão olimpico de atletismo, o norte-americano Michael Johnson.

As informações são muito pertinentes e estão muito de acordo com o que pregamos no dia a dia em nossos treinamentos, e nas conversas com os atletas de nossa Seleção. Todos foram unânimes em afirmar que o talento por si só não é suficiente. Para se tornarem campeões, muitos detalhes entram em jogo, muito sacrificio, e somente quem é obstinado pela vitória pode ser bem sucedido nesse âmbito. O talento é apenas um desses detalhes. Pode fazer a diferença se houver paixão, dedicação, rotina saudável e vigor fisico aliados a ele.

Tivemos também uma apresentação do Dr Lee Kaplan sobre a aplicação da Ciência do Esporte em Alta Perfomance, uma apresentação basicamente voltada a médicos, fisiologistas e fisioterapeutas voltados ao esporte. Claudia Bokel, alemã medalha de ouro em esgrima nos Jogos de Atenas 2004, falou sobre a transição de carreira, para atletas que se aproximam da aposentadoria. Explicou a importância de se manter contato com a vida escolar, mesmo que a prioridade seja o esporte, para que tenham um minimo de preparo, para poderem ser inseridos no mercado de trabalho, com o diferencial de suas experiências como atletas. Ela expôs como o COI trabalha e procura difundir esse pensamento aos comitês esportivos de todo o mundo. Por fim, Liz Nichol apresentou o legado dos Jogos Olimpicos de Londres, para seu país, e os objetivos da Grã-Bretanha para Rio-2016.

O Brasil apresentou interessantes palestras sobre a sustentabilidade e legado do Rio-2016, com Tânia Braga, as estratégias e as instalações dos Jogos do Rio-2016, com Agberto Guimarães e Marcus VInicius Freitas. Muito interessante e importante para termos idéia do que está sendo implementado, quais as idéias sobre sustentabilidade e sobre o legado dos Jogos no RIo em 2016.