Tênis de Mesa se despede e Londres passa o bastão para o Rio de Janeiro

08/09/2012 17:41

O Tênis de Mesa se despediu dos Jogos Paralímpicos de Londres nesse sábado, com as disputas de quatro finais do Torneio de Equipes, com os chineses conquistando o título em todas e terminando a competição com 14 medalhas de ouro.

No total foram dez dias de disputas e quem esteve no Complexo Esportivo Excel com certeza guardará para sempre na lembrança os momentos de emoção e alegria, instantes em que o mundo pode observar união e fraternidade entre os povos.

Londres já é um lugar muito visitado por turistas o ano todo, principalmente de países da Europa, mas durante as Olimpíadas e Paralimpíadas a cidade estava transbordando de gente de todos os lugares do mundo, e ainda assim conseguiu administrar tudo.

O transporte público funcionou perfeitamente com ônibus, metrô, trens saindo pontualmente, sem transtornos ao trânsito comum em qualquer grande cidade, assim como também funcionou bem a locomoção dos atletas para a Vila e a estrutura oferecida.

A população de Londres também colaborou e entrou no espírito, colocando bandeiras pelas ruas e comparecendo sempre em grande número aos locais dos eventos para incentivar seus jogadores. Pelo menos no Tênis de Mesa, o Excel lotou todos os dias, tanto na Olimpíada como na Paralimpíada.

Encerradas as disputas, o convívio mostra que não há vencidos nem vencedores. Todos voltarão a se encontrar em etapas do Circuito Mundial e, antes de tudo, se respeitam e sabem como foi importante e gratificante participar dessa festa mágica, a maior recompensa da vida do atleta de alto rendimento.

Os brasileiros podem não ter conseguido conquistar medalhas, mas ninguém será capaz de tirar deles o orgulho de participar da competição e o desejo de se empenhar ainda mais nos treinos para viverem essa experiência novamente daqui a quatro anos.

O Rio de Janeiro terá a honra de sediar os próximos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e o povo brasileiro a oportunidade de experimentar um sentimento único e impossível traduzir em palavras. Para entender essa magia é preciso vivê-la. Agora, que venham os Jogos de 2016.

Saída do shopping Westfield, anexo ao Parque Olímpico e a Vila, em direção a estação do metrô de Stratford.