Thiago Monteiro conquista o bronze no torneio de duplas do Aberto da Nigéria

11/08/2018 16:36

Parceria do brasileiro com atleta argentino foi eliminada na semifinal do torneio, garantindo a terceira colocação

FOTO DE ARQUIVO: Abelardo Mendes Jr./Ministério do Esporte.

 

Lagos (NGR), 11 de agosto de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM  

O mesa-tenista cearense Thiago Monteiro conseguiu um grande resultado neste sábado (11), no torneio de duplas do Aberto da Nigéria, em Lagos. Ao lado do argentino Horacio Cifuentes, ele conquistou a medalha de bronze na competição nível Challenge do Circuito Mundial. Na semifinal, a dupla sul-americana perdeu para a parceria formada pelo húngaro Tamas Lakatos e o finlandês Benedek Olah, por 3 a 0 (11/8, 11/4, 12/10).

Monteiro e Cifuentes estrearam no torneio de duplas nas oitavas de final, no início da manhã, vencendo a dupla nigeriana Akinwale Fagmabila e Amadi Omeh, por 3 a 0 (11/6, 11/5 e 11/4). Pouco depois, pelas quartas de final, outra dupla nigeriana pela frente: Olajide Omotayo e Segun Toriola, batidos também por 3 a 0 (12/10, 11/7 e 14/12).

Esta foi a primeira competição do brasileiro após o retorno das férias, já que atua na Europa. Além disso, Monteiro revelou ter aproveitado o tempo para tratar de um problema no joelho.

“Era o primeiro torneio desde os Jogos Sul-Americanos, na Bolívia. Neste tempo, tratei de uma tendinite no joelho. Fiquei satisfeito com meus treinos, mas jogo é diferente. Eu sou um jogador que preciso de mais ritmo. Vim com a mentalidade mais de preparação”, ressaltou.

A medalha de bronze parece ter sido realmente uma surpresa positiva para o brasileiro. Ele não tem jogado muitas partidas de duplas nos últimos tempos, mas acabou subindo ao pódio, quando sua intenção era apenas evoluir após o período de treinos.

“Uma das razões de ter jogado duplas foi para pegar ritmo de jogo. Foi a primeira vez que jogamos juntos e tudo ocorreu dentro do esperado, nos damos bem também fora da mesa e isso facilita. Não descarto podermos atuar juntos novamente no futuro”, diz o cearense, sobre a parceria com Cifuentes.

Monteiro, com 37 anos, está em 108º lugar no ranking mundial. No torneio individual, ele se despediu na sexta-feira, superado na fase de 32 pelo nigeriano Azeez Olugbenga Jamiu, número 518 do mundo, por 4 a 2 (9/11, 3/11, 11/5, 3/11, 11/3 e 8/11). Após o desafio na África, ele segue para a cidade de Panagyurishte, onde disputa o Aberto da Bulgária, a partir da próxima terça-feira, ao lado de outros seis brasileiros. Na semana seguinte, o cearense vai participar do Aberto da República Tcheca, em Olomouc.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa