Veteranos conquistam nove medalhas em equipes e duplas no Latino-Americano Master

10/11/2018 15:04

Destaques da competição até o momento foram Sandra Lopes e Cleusa Taguchi, campeãs de duplas na categoria 50 anos

FOTO: Cleusa Taguchi e Charley Suzuki, na disputa de duplas mistas. Crédito: ULTM.

 

Santiago (CHI), 10 de novembro de 2018.

Por: Assessoria de Comunicação – CBTM

Os veteranos do tênis de mesa brasileiro já conquistaram nove medalhas no Campeonato Latino-Americano Master, que está sendo disputado em Santiago, no Chile. A competição começou no dia 5 e já teve disputas de duplas masculinas, femininas e mistas, além de equipes masculinas e femininas.

O grande destaque até o momento foi a dupla Sandra Lopes e Cleusa Taguchi, que conquistou o título da categoria feminino 50 anos. Na final, elas derrotaram as também brasileiras Eliane Avanso e Natália Pereira, por 3 a 2 (11/3, 7/11, 9/11, 11/8 e 11/8). 

Além de Eliane e Natália, outra dupla ficou com a prata: Paulo Martinez e Neder Neves (masculino 45-49 anos) foram batidos na final pelos chilenos Luis Fredes e Cristian Liberona, por 3 a 2 (3/11, 11/5, 5/11, 7/11 e 11/8). Rogério Capobianco e Nelson Azuma (masculino 50-54 anos); Charley Suzuki e Wilson Silva (masculino 55-59 anos); e, Renato Simões e Mário Gesualdi (masculino 65-69 anos) trouxeram o bronze.

No torneio por equipes, o Brasil passou perto de conquistas em duas categorias. No masculino 45-49 anos, Neder Neves, Paulo Martinez, Charley Suzuki e Wilson Silva perderam na decisão para a equipe A do Chile, formada por Mauricio Acevedo e Juan Papic, por 3 a 0. Da mesma forma, na decisão do masculino 65-69 anos, Mário Gesualdi e Renato Simões foram superados pela equipe A do Chile, formada por Gustavo Becerra e Luis Ayala, por 3 a 1. Eliane Avanso e Natália Pereira, no feminino 45-54 anos, ficaram com o bronze.

Nas duplas mistas 50 anos, quatro parcerias brasileiras participaram. Os melhores desempenhos foram de Eliane Avanso/Wilson Silva e Cleusa Taguchi/Charley Suzuki, que terminaram entre os oito melhores. Sandra Lopes/Renato Simões e Natália Pereira/Mário Gesualdi caíram nas oitavas de final.

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa