Vilmar Schindler destaca ótima estrutura do CT Paralímpico na cerimônia de abertura da Copa Brasil Sul-Sudeste

28/03/2019 21:08

Representando o presidente da CBTM, dirigente ressalta a maneira como a equipe de trabalho do CPB recebeu a comunidade do tênis de mesa

FOTO: Vilmar Schindler na solenidade de abertura. Crédito: Daniel Zappe/CBTM

 

São Paulo (SP), 28 de março de 2019.

CLAUDIA MENDES E LUCAS MATHIAS *

 

A Copa Brasil Sul-Sudeste está sendo realizada pela primeira vez no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP). Em dezembro, o local receberá também o Campeonato Brasileiro. E tudo se encaminha para ser uma competição realmente impactante, por conta das ótimas instalações e da forma como a equipe do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) recebeu a comunidade do tênis de mesa.

De acordo com Vilmar Schindler, vice-presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), que representou o presidente Alaor Azevedo na solenidade de abertura, tudo funciona da melhor forma possível nestes primeiros jogos da competição.

“Queria agradecer ao CPB, que nos recebeu em sua casa. Na verdade, essa casa está mais para uma mansão. Talvez sejam as melhores instalações do mundo em termos de centro paradesportivo. Eu não tenho notícia de algo semelhante”, lembrou o dirigente em seu discurso, onde fez questão de ressaltar o atendimento recebido pela CBTM para a organização do torneio.

“Eu noto que as pessoas que trabalham neste Centro tratam o local com muito carinho e tratam com o mesmo carinho as pessoas que vêm ao Centro. Querem que nós possamos voltar, querem fazer com que a gente se sinta bem em sua casa. E isso é uma coisa muito difícil de ver. É fácil trabalhar com eles”, lembrou Schindler.

O CPB foi representado na solenidade pelo diretor técnico adjunto, Jonas Freire. Além de Cezar Granieri, presidente do Conselho Interclubes, a solenidade contou com a presença de vários dirigentes do tênis de mesa brasileiro: o CEO da CBTM, Geraldo Campestrini; os presidentes das Federações do Paraná, Edson Marroque, do Mato Grosso, Sandro Abrão, do Mato Grosso do Sul, Marco Antônio Tavares, e do Rio Grande do Sul, Jorge Fanck; além de Tommy Castro, representando a Federação de Tênis de Mesa do Estado de São Paulo.

 

*Lucas Mathias, estagiário sob a supervisão da assessoria de imprensa

 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa