Notícia

Jornalista Mylena Ciribelli experimenta o lado atleta e tem a sua primeira experiência no TMB Platinum

Acostumada a trabalhar há muitos anos com o esporte, ela já treinava na Academia Rio Spin e mostrou desenvoltura

Apresentadora da Record TV participou pela primeira vez do TMB Platinum. Foto: Rebeca Reis.

Por Nelson Ayres e Paulo Rocha (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

09/07/2023 14h15


Acostumada a encarar as câmeras e microfones durante os programas esportivos de TV, a consagrada jornalista Mylena Ciribelli, da Record TV, experimentou o outro lado neste sábado (8) no TMB Platinum Ciclo II - Rio de Janeiro: participar de um evento oficial como atleta de tênis de mesa. E conseguiu até um lugar no pódio.

Competindo na categoria veterano 5 feminino pela Rio Spin-RJ, Mylena inscreveu-se no Platinum com o intuito de apenas participar e avaliar seu nível. Mas conquistou uma medalha de bronze.

"Eu vinha treinando, mas quando o juiz fala ‘valendo', a sensação é outra, dá aquele friozinho na barriga. Ainda preciso evoluir muito, mas não vou desistir do esporte. Gostei da sensação de ser atleta”, afirmou Mylena, completando:

"Tenho isso no sangue. Meu pai foi atleta quando jovem e sempre me passou a emoção de vivenciar o esporte, defender uma camisa, o seu clube. Estou gostando e quero mais".

Seu desempenho foi tímido no primeiro jogo, diante de Rosiane Viana (Associação Macedo de Tênis de Mesa-RJ), sofrendo com o pino da adversária e marcando apenas três pontos. Aos poucos, o nervosismo foi passando e ela conseguiu se sair bem melhor na terceira rodada, quando perdeu o primeiro set por 12 a 10 e marcou um total de 14 pontos na partida vencida por Ferdiney Carvalho (Techpong Academy/Metanoia/Tibhar-SC).

Mylena revelou que queria viver a experiência de ser atleta para poder compreender algumas questões que, como jornalista, afirma não ser possível entender.

"Pelo fato de conhecermos atletas, acabamos por saber de alguns dos dramas pessoais que eles enfrentam. As dificuldades que sabemos existir no Brasil para se defender um objetivo. Às vezes, não há possibilidade de se praticar o esporte que ama. Viver o outro lado faz compreender melhor o quanto é preciso que tudo esteja em ordem para que se consiga render bem. E agora vou aprender melhor o que é esse universo", concluiu Mylena.

A presença de Mylena Ciribelli no Platinum e a promessa de sua continuidade no esporte animaram Rosiane Viana, presidente da Federação de Tênis de Mesa do Estado do Rio de Janeiro (FTMERJ).

Rosiane, que também competiu na veterano 5 e conquistou o título da categoria, falou sobre a chegada da "nova mesa-tenista" ao âmbito do esporte do Rio. E torce para que cada vez mais veteranos ingressem na modalidade.

"É uma felicidade saber que pessoas que possuem visibilidade na mídia estão ingressando no tênis de mesa. O Rio é carente de veteranos. Quando comecei, há oito anos, não existia a categoria veteranos no Estado. Agora, na minha gestão, temos veteranos, lady... Com essa visibilidade que a Mylena possui, tenho esperança de que mais pessoas se sintam motivadas para ingressar na categoria", disse Rosiane, que afirmou compreender o nervosismo de Mylena Ciribelli na disputa de sua primeira competição oficial:

"Ela me fez lembrar de quando comecei. Dá aquele frio na barriga, a gente ainda não entende muita coisa, não entende o saque, não entende o jogo. Na verdade, até para mim, que já possuo experiência, bate uma certa ansiedade".

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Confederação Filiada

Parceiro Oficial

Jogo Limpo

Patrocinadores

Apoiadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações