Notícia

Equipes brasileiras conquistam medalhas de prata no Campeonato Pan-Americano Sub-19

Time masculino disputou final com Porto Rico, enquanto feminino enfrentou os Estados Unidos na decisão

Leonardo Iizuka compôs equipe vice-campeã masculina no Pan Sub-19. Foto: ITTF Americas.

Por Paulo Rocha (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

04/08/2022 09h14


O Brasil conquistou nesta quinta-feira (4) suas duas primeiras medalhas no Campeonato Pan-Americano Sub-19 de Tênis de Mesa, em Rosário, Argentina. E elas foram de prata, por equipes, após derrotas nas finais para Porto Rico por 3 a 2, no masculino (3-1, 1-3, 3-2, 2-3 e 2-3); e Estados Unidos por 3 a 1, no feminino (1-3, 3-2, 0-3 e 2-3). O ouro não foi possível, mas ambos os conjuntos cumpriram belas campanhas na competição.

Na semifinal masculina, os brasileiros travaram um embate emocionante com os equatorianos, vencido somente no quinto jogo: 3 a 2 (1-3, 3-1, 2-3, 3-0 e 3-1). No primeiro confronto, Henrique Noguti foi vencido por 3 a 1 por Diego Piguave (8/11, 11/7, 5/11 e 10/12). O empate veio com Leonardo Iizuka, que bateu Neycer Robalino também por 3 a 1 (6/11, 11/5, 11/7 e 11/3).

No terceiro duelo, outra vitória do Equador: Joon Shim foi superado por Jeremy Cedeno por 3 a 2 (8/11, 8/11, 11/5 11/5 e 14/16). Leo Iizuka voltou a igualar tudo derrotando Diego Pigave por 3 a 0 - parciais de 11/8, 11/6 e 11/9. Enfim, no quinto confronto, Henrique Noguti fez 3 a 1 em Neycer Robalino (8/11, 12/10, 11/9 e 11/3) e garantiu a vaga.

Chegou a hora da decisão. O time adversário foi o de Porto Rico, e Leonardo Iizuka iniciou o confronto com um triunfo de 3 a 1 (11/8, 11/9, 8/11 e 11/6) sobre Oscar Birriel. Na segunda partida, Henrique Noguti foi batido por Angel Naranjo por 3 a 1 (4/11, 4/11, 11/9 e 2/11).

No terceiro jogo da final, Joon Shim enfrentou e superou Jabdiel Torres por 3 a 2 (parciais de 9/11, 11/9, 5/11, 11/7 e 11/4). Leo Iizuka, na sequência, sofreu uma virada e perdeu para Angel Naranjo por 3 a 2 (11/2, 11/9, 9/11, 8/11 e 3/11): disputa empatada entre as equipes.

A decisão do titulo, então, ficou para quinto jogo, que reuniu o brasileiro Henrique Noguti e o porto-riquenho Oscar Birriel. E o revés de Noguti por 3 a 2 (6/11, 4/11, 11/7, 11/8 e 9/11) determinou a conquista da medalha de prata para o conjunto brasileiro. 

Feminino

Na semifinal feminina, o Brasil superou Porto Rico por 3 a 1 (3-0, 3-2, 0-3 e 3-0). Giulia Takahashi abriu a série vencendo Brianna Burgos por 3 a 0 (11/, 11/9 e 11/7). No segundo duelo, Laura Watanabe bateu Alondra Rodriguez por 3 a 2 - parciais de 9/11, 11/9, 11/6, 9/11 e 11/9.

Apesar da derrota de 3 a 0 de Beatriz Kanashiro para Edmarie Leon (9/11, 8/11 e 8/11), Giulia classificou a equipe brasileira para a decisão ao passar por Alondra Rodriguez por 3 a 0 - parciais de 11/9, 11/5 e 12/10.

Laura Watanabe abriu a finalíssima contra os Estados Unidos sendo superada pelo placar de 3 a 1 (11/7, 7/11, 3/11 e 3/11) por Sally Moyland. Em seguida, Giulia Takahashi deixou tudo igual ao vencer Sarah Jalli por 3 a 2 (9/11, 11/6, 10/12, 11/9 e 11/7). Na partida seguinte, Beatriz Kanashiro enfrentou Tan Nagie e acabou derrotada por 3 a 0 (7/11, 8/11 e 9/11).

Na sequência, Giulia encarou Sally Moyland; após abrir dois sets de vantagem, ela acabou vendo a reação da norte americana, sofreu a virada e foi batida por 3 a 2 (11/2, 11/9, 2/11, 5/11 e 11/13). Com o resultado, a equipe brasileira ficou com a medalha de prata.

"Fizemos uma boa campanha. É claro que gostaríamos de ter conquistado o título, mas sabemos que os Estados Unidos têm uma equipe muito forte, homogênea, a mais destacada do torneio. Por isso conseguiram ganhar da gente", disse o técnico da equipe feminina, Hideo Yamamoto, elogiando o desempenho de suas comandadas:

"Estou muito orgulhoso delas, pois tentaram executar todas as soluções táticas possíveis durante os jogos. Temos que reconhecer também o mérito das adversárias. A campanha foi muito positiva: ganhamos do México, de quem vínhamos perdendo sempre, de Porto Rico, que possui uma ótima equipe. Evoluímos muito, conseguimos chegar à final. A vitória não veio, mas temos que valorizar e comemorar essa medalha de prata", concluiu.

O Pan-Americano Sub-19 de Tênis de Mesa prossegue nesta sexta-feira (5), em Rosario. Os atletas brasileiros farão suas estreias nas categorias individuais - em ambos os naipes -, duplas masculinas, femininas e mistas. 

  FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

fatoeacaocomunicacao@gmail.com / contato@fatoeacao.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

LINKEDIN: www.linkedin.com/company/3214214

Confederação Filiada

Parceiro Oficial

Patrocinadores

Apoiadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações