Notícia

Laira Silva surpreende favoritas e sai do TMB Challenge Plus de Concórdia com resultados expressivos

Atleta sub-19 de Pouso Redondo (SC) conquistou o ouro em duas categorias e chegou na final do Absoluto A ao desbancar Sofia Kano, número dois do ranking nacional

Laira Silva fez três finais em Concórdia. Foto de Arquivo: Miriam Jeske.

Por Henrique Porto (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

06/11/2022 09h58


Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, se esmerou para receber a 15ª etapa do TMB Challenge Plus. E como recompensa, viu uma mesa-tenista catarinense brilhar no Centro de Eventos local. Seu nome? Laira Silva. A atleta de Pouso Redondo, sub-19, foi a grande surpresa da competição, conquistando duas medalhas de ouro e chegando na final do Absoluto A. Na semifinal eliminou Sofia Kano (Clube de Tênis de Mesa Jacareí/SP), a número dois do ranking nacional e a grande favorita da etapa após a desistência da líder Victória Strassburger (Sogipa/RS).  

E não foi a primeira vitória de Laira sobre Sofia no fim de semana. O primeiro triunfo, por 3 sets a 1, lhe valeu a medalha de ouro na categoria Sub-21 (Juventude). As parciais foram de 11/6, 13/15, 12/10 e 12/10. E na decisão do Sub-19 (Juvenil), a catarinense precisou ser resiliente e perseverante. Perdia a final para Melissa Arakaki por 2 sets a 0, mas reagiu e obteve uma virada espetacular, triunfando por 3 a 2. As parciais foram de 8/11, 3/11, 11/5, 11/5 e 11/6.

O terceiro ouro só não veio porquê do outro lado da mesa estava uma adversária com experiência em três Jogos Olímpicos. Defendendo as cores da casa, Lígia Silva faturou a medalha dourada ao brecar o ímpeto da surpreendente Laira Silva na decisão do Absoluto A. Impulsionada pela torcida local e sem grandes dificuldades, Lígia triunfou por 3 sets a 0, com parciais de 11/6, 11/5 e 11/4.

A final do Absoluto A no masculino envolveu mesa-tenistas que defendem Santo André/SP. E no duelo entre companheiros de clube, Rafael Rocha marcou 3 sets a 0 em Gustavo Yokota para ficar com o título no masculino. As parciais foram de 12/10, 11/7 e 11/8. No Absoluto B, os campeões foram Raiane Heidrich (Associação de Pouso Redondo/SC) e Elizandro Jesus (Associação Camponovense/SC). Raiane venceu a Tricia Goulart na decisão, por 3 sets a 0 (11/8, 11/9 e 11/5). Jesus não perdoou José Mariano na final, triunfando por 3 sets a 2, com parciais de 11/7, 11/13, 11/9 e 11/8.

Outro catarinense venceu o Absoluto C masculino. Representando a Secretaria de Esporte de Ibicaré/SC, Marlon Spindola venceu Humberto Araújo por 3 sets a 2, com parciais de 11/7, 11/7, 5/11, 6/11 e 11/6. No feminino deu Rejane Cordeiro (AIEL/São José dos Pinhais/PR) sobre Jaine Cardoso, em 3 sets a 1. Parciais de 11/6, 10/12, 11/5 e 11/3. E no Absoluto D, a última das classes disputa nos dois gêneros, Ana Andrade e Raquel Klitzke jogaram cinco sets para se conhecer a campeã feminina. Ana (Sociedade Thalia Curitiba/PR) errou menos, vencendo por 11/8, 9/11, 7/11, 11/6 e 11/7. Também da Sociedade Thalia, Pedro Tusset levou a final no masculino por 3 a 1 sobre Lorenzo Malikoski (10/12, 11/4, 11/5 e 11/6).

Marcos Bueno (Joaçaba/SC) foi o campeão no Absoluto E, batendo Nacshon Rodrigues na partida decisiva por 3 a 0, com parciais de 11/8, 11/5 e 11/8. Fechando os absolutos, no F, Maximilianobaez Sniechowski (Associação Chapecoense/SC) fez 3 a 0 em Luiz Montibeller (11/5, 11/7 e 11/8).

O Sub-9 (Pré-Mirim) feminino foi disputado em chave única, com Luísa Renken (Associação de Pouso Redondo/SC) levando a medalha de ouro. No último jogo, fez 3 sets a 0 em Maria Correa (11/4, 11/1 e 11/2). O sistema de disputa se repetiu no masculino, consagrando João Ribeiro (Ginástico/MG), que em seu último jogo marcou 3 a 0 em Gabriel Rodrigues (11/4, 11/9 e 11/7).

Willian Grott (Clube Rioestense/SC) triunfou no Sub-11 masculino (Super Pré-Mirim). Bateu na final a Eduardo Keunecke, por 3 sets a 1 (11/6, 6/11, 11/7 e 13/11). Entre as meninas, Luiza Fontanive (Clube Rioestense/SC) brilhou mais forte ao vencer na final a Tainara Heidrich por 3 sets a 0, com parciais de 11/2, 11/2 e 11/7.

A categoria Sub-13 (Mirim) teve como campeão no masculino Luan Santos (Elase/SC), que marcou 3 sets a 1 em Guilherme Rodrigues na decisão (7/11, 11/8, 11/6 e 11/8). Pelo mesmo placar, Raiane Heidrich (Associação de Pouso Redondo/SC) venceu Luiza Fontanive na decisão entre as garotas (11/8, 6/11, 11/9 e 11/6).

No Sub-15 (Infantil) masculino, a decisão da medalha de ouro foi no detalhe. Depois de cinco intensos sets, Vicente Dalmass (Joaçaba/SC) superou Felipe Oliveira por 3 a 2 (11/6, 5/11, 12/14, 11/8 e 17/15). No feminino, Karina Shiray (Associação Registrense/SP) não quis conversa e despachou Raiane Heidrich em sets diretos (11/5, 11/6 e 11/8).

Entre os garotos do Sub-19, Kauan Monteiro (Elase/SC) faturou a medalha dourada com os 3 sets a 0 sobre Lucas Grossl na final (11/9, 11/5 e 11/6). Monteiro tentou repetir a dose no Sub-21 (Juventude), mas Daniel Godoi (Joaçaba/SC) não permitiu. Venceu a final por 3 sets a 1, com parciais de 8/11, 11/6, 11/5 e 11/5. Entre as mulheres, a história foi diferente.

Na Lady, disputada em turno único, Emanuele Dreveck (AIEL/PR) faturou o ouro entre as mulheres. No masculino, a categoria Sênior, deu Túlio Moreira (Associação Jaraguaense/SC), que na final bateu Felipe Fontanive por 3 sets a 1 (11/5, 11/4, 6/11 e 11/5).

O equilíbrio foi a marca das duas finais do Veterano 40, ambas precisando de cinco sets para se conhecer o campeão. Que no masculino foi Marcelo Kotani (Elase/SC) ao marcar 3 a 2 em Nacshon Rodrigues, de virada (9/11, 9/11, 11/8, 11/4 e 11/6). No feminino, Dina Abreu (Associação Joinvilense/SC) levou o ouro com os 3 sets a 2 sobre Silvana Rodrigues (9/11, 11/9, 12/10, 2/11 e 12/10).

As demais categorias de veteranos foram disputadas apenas no masculino. Na Veterano 50, o título foi para Alvacir Kreusch (Itajaí/SC), com os 3 a 1 na final sobre Hilton Brandão (7/11, 11/6, 12/10 e 11/8). Na final da Veterano 60, Charley Suzuki (Kosmos/SP) bateu em sets diretos a Benjamim Takatsuki (11/5, 11/4 e 11/9). A categoria Veterano 70 foi disputada em chave única, tendo em Ivo Solanho (25 de Julho/SC) seu campeão.

Pelo certame paralímpico, Cincler Trevisan (ADFP/PR) levou a Classe 3. A Classe 5 teve Gerson Hintz (Associação Joinvilense/SC) como campeão masculino e Andreia Porfírio (APESBLU/SC) no feminino. A Classe 7 foi para Gilberto Onofre (Itajaí/SC) e Gustavo Laskosky (Associação Joinvilense/SC) ganhou a Classe 8. Reginaldo Gomes (AABB Fortaleza/CE) cruzou o Brasil para vencer a Classe 9, no masculino. Melanie Burlamarqui (ADFP/PR) foi a melhor na Classe 10, no feminino. Por fim, na Classe 11, Kaynan de Souza (APMDFESP/SP) levou o ouro no masculino, com Pamela Aparecida (Associação Itajaiense/SC) campeã no feminino.

Você pode conferir todos os resultados da 15ª edição do TMB Challenge Plus NESTE LINK. Os resultados da etapa trarão mudanças no ranking nacional, o qual você pode conferir atualizado clicando AQUI



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com / imprensa@cbtm.org.br



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil 

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

Confederação Filiada

Parceiro Oficial

Jogo Limpo

Patrocinadores

Apoiadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações