Notícia

Projetos de formação da CBTM se encontram no TMB Platinum – Campeonato Brasileiro

Mesa-tenistas olímpicos e paralímpicos dos programas ‘Detecção Nacional de Talentos’ e ‘Diamantes do Futuro’ estarão em São Paulo (SP) para atividades presenciais, com diferentes abordagens

TMB Platinum reúne, em São Paulo (SP), os participantes dos dois programas. Foto: Fotojump/CBTM

Por Nelson Ayres e Henrique Porto (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

16/11/2022 03h11


Encabeçada pela Gerência de Ciência do Esporte da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), a busca pelos novos talentos para a modalidade segue a todo o vapor. Os dois projetos que a entidade trabalha há alguns anos, a Detecção Nacional de Talentos e o Diamantes do Futuro, terão atividades importantes nos próximos dias. Durante o TMB Platinum – Campeonato Brasileiro, evento que ocorre de 3 a 12 de dezembro, os mesa-tenistas participantes dos dois programas se encontram em São Paulo (SP), com objetivos distintos.

“Os dois grupos terão ações presenciais durante o Campeonato Brasileiro”, comentou a professora Taisa Belli, responsável pela Gerência de Ciência do Esporte da CBTM. Conforme informado pela gestora, os ‘Diamantes do Futuro’ trabalharão ações formativas de análise de jogo, por meio de filmagens e outras ferramentas. Enquanto isso, os mesa-tenistas da ‘Detecção Nacional’ passarão por avaliações presenciais de desempenho durante seus jogos na competição.

Taisa relata que a metodologia de trabalho dos dois programas é bastante similar. “Eles seguem a mesma lógica de ações, mas com palestras específicas em cada grupo, bem como um período de monitoramento específico. Agora, no Campeonato Brasileiro, um dos grupos será avaliado para seleção, enquanto o outro estará participando de uma atividade formativa”, relatou a professora.

O grupo de atletas do programa ‘Diamantes do Futuro’ teve atividades no dia 31 de outubro, com a palestra “Conciliação da rotina de estudos e treino para atletas brasileiros”, ministrada pelo Prof. Dr. Felipe Rodrigues da Costa, da Universidade de Brasília. Em novembro se iniciou um período de reuniões específicas com os treinadores, para o monitoramento dos mesa-tenistas. As conversas são remotas e se encerram no próximo dia 25. “Trata-se de um grupo já consolidado de treinamentos”, afirmou Taisa.

A prospecção da Detecção Nacional de Talentos ocorreu durante toda a temporada. No último dia 14, a palestra “Conversa com os pais: entendendo a jornada para ajudar no desenvolvimento dos mesa-tenistas” foi ministrada pelo Prof. Dr. Caio Corrêa Cortela, da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). De 21 a 30 de outubro, ocorre o período de monitoramento remoto junto aos treinadores, fechando com uma avaliação presencial entre os dias 5 e 8 de dezembro, na capital paulista.

No total, estarão sendo avaliados em São Paulo 63 atletas olímpicos, de 15 estados brasileiros, nascidos entre 2001 e 2016. No tênis de mesa paralímpico serão avaliados 21 prospectos, de nove estados, nascidos entre os anos de 2000 e 2012. Além da professora Taisa Belli, o projeto conta com a analista de desenvolvimento esportivo Mairin Motta e os técnicos Alexandre Monteiro, Gabriela Leite e Gabriel Ota. Hugo Hoyama, embaixador do tênis de mesa brasileiro, dá suporte nas avaliações e treinamentos.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com / imprensa@cbtm.org.br



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil 

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

Confederação Filiada

Parceiro Oficial

Jogo Limpo

Patrocinadores

Apoiadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações